O momento de mudar para uma nova casa é cercado de muitas escolhas. Decidir entre uma casa ou apartamento, pensar na decoração e planejar um orçamento são apenas alguns dos pensamentos que rodeiam a mente do comprador ou locatário. Uma escolha muito importante também é a do bairro que deseja morar, que a princípio parece simples, mas envolve vários fatores a ser considerados.

Preste atenção na mobilidade

Quem mora nos grandes centros urbanos entende como os meios de transporte podem influenciar na qualidade de vida e conforto. Portanto, veja as linhas de ônibus disponíveis na região e atente-se ao fluxo de trânsito nos horários de pico. Além disso, tenha em mente os deslocamentos necessários, sua frequência e se podem ou não ser alterados em vista do novo bairro.

Considere seus deslocamentos

Com a mudança de casa, estar mais perto do local de trabalho ou estudo agora é uma possibilidade. Ao economizar tempo no trajeto, você certamente ganha em qualidade de vida. Por isso, use a internet a seu favor e descubra quanto tempo de deslocamento será necessário para ir de casa até os seus locais mais frequentados, considerando transporte público, carro ou até a pé. 

Lembre-se das opções de lazer

Além de trabalhar ou estudar, você também merece um momento de lazer e descanso, então pense em seu estilo de vida para tomar essa decisão: Para os jovens e universitários, pode ser interessante estar perto de bares e baladas. A proximidade com escolas, parques e clubes pode ser mais adequada para quem está começando uma família.

Pesquise sobre as conveniências

A vida cotidiana pode ser muito facilitada por uma boa infraestrutura de comércio e serviços. A princípio, considere a proximidade com supermercados, farmácias, hospitais e agências bancárias. Para quem não tem um carro, é mais importante ainda pensar se o transporte público é suficiente para atender às suas necessidades ou se as distâncias podem ser percorridas a pé.

Valorize a segurança

Outro aspecto muito importante é a segurança da região que se pretende morar. Por isso, observe se as ruas e espaços públicos são bem iluminados, a presença de câmeras de segurança, se a polícia costuma fazer vigilância. Quanto mais itens de segurança, maiores as chances de encontrar um lugar tranquilo para morar. E sobre esse assunto, uma boa ideia é conversar com moradores do bairro e possíveis vizinhos, porque ninguém melhor que eles para contar sobre esse assunto.

Conheça sua vizinhança

Uma boa vizinhança pode tornar o bairro ótimo para se viver, enquanto ter vizinhos ruins pode ser um transtorno.

Por isso, pense em suas preferências pessoais. Algumas pessoas preferem uma vizinhança silenciosa e que respeita os horários e regras da comunidade, enquanto outras não se importam tanto com os padrões de comportamento e apreciam o agito. 

E não se esqueça de observar a proximidade com estabelecimentos comerciais e avenidas movimentadas. Afinal, até quem gosta de uma vida agitada precisa de um momento de sossego.

Com essas dicas, escolher o bairro para morar certamente será uma tarefa mais tranquila. Leia sobre as regiões que mais te interessam, pondere entre suas prioridades e faça a melhor escolha.

Fonte: www.lopes.com.br/blog